A importância da formação para o IAP

 
to educatePresentemente já não existem profissões em que a formação permanente dos seus profissionais não tenha a maior relevância. Desde logo porque já não existem profissões "para a vida" e também pela aceleração da evolução da ciência e da tecnologia. Porém, há profissões onde essa necessidade é ainda mais premente. É o caso da profissão atuarial, que está ligada a setores que estão em profunda mutação, onde os riscos relativamente à sua evolução futura são enormes. Basta falar na Segurança Social. Acresce que as normas dos setores onde os atuários exercem a sua profissão, como é o caso dos seguros, têm tido alterações profundas, bem como adequações à legislação comunitária.
 
O IAP atribui à formação dos seus sócios a maior prioridade, tendo frequentemente cursos a decorrer bem como participando e organizando seminários e "workshops".
 
O congresso dos atuários ibéricos, que se realiza bianualmente, atribui aos aspetos formativos lugar relevante, a par da troca e partilha de experiências.